Clientes da Unick Forex pedem dinheiro de volta após novas regras da empresa – Portal do Bitcoin

Após semanas sem conseguir sacar, clientes da Unick tentam invocar suposto contrato que devolve dinheiro integralmente em caso de insatisfação mas, até o momento, as tentativas foram sem sucesso.

A Unick diz ser amparada por uma empresa chamada S.A Capital, que garante os investimentos dos clientes que realizam a compra dos planos. A S.A Capital tem como dono o Fernando Lusvarghi, que também é diretor jurídico da Unick.

Em vídeo publicado na noite de sábado (17) no Youtube, Lusvarghi disse que a S.A Capital faz a gestão dos fundos dos clientes da Unick há mais de dois anos e nunca deixou nenhum cliente insatisfeito. “Os poucos clientes que pediram para sair do projeto saíram com o que era de direito”, comentou.

O problema, no entanto, é que após inúmeras tentativas em vão de pedir saques e não conseguir, os clientes estão tentando receber o suposto reembolso oferecido pela S.A Capital, mas também continuam sem ver a cor do dinheiro.

No Reclame Aqui, mais de 140 reclamações inundam a plataforma nas últimas 24 horas.

Reclamações explodem no Reclame Aqui

As principais queixas dos clientes são: Atraso em saques, não cumprimento do suposto contrato de reembolso de clientes insatisfeitos e sumiço do dinheiro em conta.

O Portal do Bitcoin consultou as últimas reclamações e, mais de dez clientes dizem que o dinheiro simplesmente sumiu após a atualização. “Dinheiro sumiu. Depois da atualização o meu dinheiro sumiu só restou 0,92 centavos um absurdo”, diz um cliente de Manaus.

Um outro cliente, do Paraná, diz ter tido o mesmo problema: “Depois da nova atualização do sistema minha conta esta com apenas R$ 0,92 mais o correto em minha conta deveria ter R$ 73,97. O que esta acontecendo?”

Além desses, mais algumas dezenas passam por problema semelhante, além de centenas que não conseguem simplesmente realizar um saque ou realizar o cancelamento do plano e reembolso.

No mesmo vídeo do Youtube, Fernando Lusvarghi e Danter Silva pedem que os clientes entrem no suporte do site para tirarem dúvidas e solicitar o reembolso e cancelamento dos planos.

Novas regras

Com os atrasos abalando as estruturas da empresa, a Unick fez um pronunciamento oficial onde disse que não iria mais pagar os 200% sobre o investimento, limitando apenas ao capital investido e parcelando até o final do ano.

A empresa chegou até mesmo a anunciar o projeto de uma criptomoeda própria a “CQDX”, além de projetos da Unick atuar em outras frentes como vestuário, perfumaria, seguradora e até como empresa de turismo.

De acordo com Leidimar Lopes, o presidente, em vídeo publicado no Youtube, os clientes receberão só o dinheiro inicial de volta e esse pagamento deverá ser parcelado até novembro.

“Até o dia 2 de novembro passarão a receber todos os bônus de publicidade até atingir os 100% do valor da compra”.

Segundo Lopes, quem já recebeu 100% do valor ficará com a conta inativa e será obrigado a “comprar um produto novamente para continuar participando”.

Unick Forex investigada

Não é de agora que a Unick tem sido questionada sobre suas ações. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) chegou a abrir um processo administrativo sancionador contra a empresa.

A Unick, em contrapartida, chegou a ganhar 45 dias de tempo e por fim enviou um termo de compromisso que ainda deverá ser analisada pelo órgão regulador.

Esse processo foi aberto após a CVM demonstrar, por meio do memorando nº 167/2018-CVM/SMI/GME, que a Unick vinha fazendo oferta pública de investimentos com retornos de 1,5% à 3% ao dia.

A autarquia também havia encontrado indícios de que a empresa vem atuando em esquema de pirâmide criptomoedas e resolveu encaminhar o caso ao Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul.

O procurador da república responsável pela investigação, Celso Tres chegou até mesmo a comparar a atuação da Unick com a extinta Telexfree em entrevista cedida ao Portal do Bitcoin.

O post Clientes da Unick Forex pedem dinheiro de volta após novas regras da empresa apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!