Temida Inversão da Curva de Juros nos EUA Aponta a Recessão – O que Esperar? – Investing.com

Panorama de Mercado

Encerramos a semana com os mercados amedrontados frente uma nova recessão global devido a instabilidade causada pela guerra comercial entre China e EUA. Não apenas o , mas vários mercados internacionais apresentaram resultados negativos devido a divulgação de indicadores em várias parte do mundo comprovando os impactos danosos da guerra comercial. O principal fator que deixa os investidores em alerta são as medidas adotadas por diversos bancos centrais ao redor do mundo para estimular a economia, ainda assim os resultados têm sido abaixo das expectativas e também insuficientes para reanimar a atividade econômica. Eis que a tão temida inversão da taxa de juros nos EUA, onde a rentabilidade de títulos de curto prazo fica acima da rentabilidade dos de longo prazo, confirma o alerta. Desde 1955, todas as vezes em que essa inversão ocorreu houve uma recessão em seguida. Nosso mais importante índice acionário, o Ibovespa, fechou a semana com uma queda de mais de 4% acompanhando o cenário externo. Após flertar com os 99000 pontos na semana anterior, essa semana o índice fez mínima nos 98200 pontos. O Ibovespa fechou a semana abaixo dos 100000 pontos, o que não ocorria desde junho deste ano. Sendo assim, nosso índice fechou a semana na casa dos 99805.78 pontos e seu derivativo, fechou a semana em 100650 pontos.

No cenário nacional, não tem como não comentar o tombo que as ações da Oi (SA:) levaram na semana. Os papéis da companhia chegaram a ser negociados abaixo de R$ 1. A derretida de quase 18% se deu devido especulações que a agência reguladora das telecomunicações do Brasil, a Anatel, poderia fazer uma intervenção na empresa. Isso porque os resultados divulgados no segundo trimestre foram assombrosos, com prejuízo bilionário e inclusive queima de caixa. Diante do cenário atual, a Anatel teme que a Oi não consiga manter suas operações e ocorra uma interrupção na telefonia fixa no país. A Anatel divulgou em nota oficial que não é verdade sobre a intervenção, mas isso não impediu que os papéis da companhia continuassem a se desvalorizar. No Congresso Nacional, as polêmicas do atual presidente, Jair Bolsonaro, não atrapalharam o calendário e avanços nas pautas a serem discutidas. Houve a aprovação da medida provisória de Liberdade Econômica, que tem como objetivo contribuir na facilitação do ambiente de negócios no Brasil. E a Reforma da Previdência volta a ser votada em setembro.

No mercado internacional, seguimos de olho na disputa comercial entre China e EUA e suas consequências. Essa semana Donald Trump aparentemente deu uma trégua ao adiar, o aumento da alíquota para importação de produtos eletrônicos chineses, de setembro para dezembro. Ainda assim Trump não deu o braço a torcer com esse respiro dizendo que esse adiamento é apenas para “salvar o Natal dos americanos”. Outro ponto no exterior que chamou atenção foi o caos do preço dos ativos argentinos após a derrota de Mauricio Macri nas eleições primárias para a Presidência do país.

A seguir, temos o fechamento de alguns ativos e índices:

– 99805.78 pontos;

de – 100650 pontos

Petrobras PN (SA:) – 23,91 reais

Vale do Rio Doce (F:) ON – 43,69 reais

Banco Itaú (SA:) PN – 34,35 reais

Banco Bradesco (SA:) PN – 33,27 reais

Ambev (SA:) ON – 18,90 reais

Futuro – 4004.00 reais

– 25886.01 pontos

Índice S&P 500 – 2888.68 pontos

O que esperar para próxima semana…

Iniciamos a semana com vencimento de opções sobre ações já na segunda-feira (19/08). Na quinta-feira (22/08) começa o Simpósio Anual de Política Monetária de Jackson Hole, organizado pelo Fed: o tema deste ano é “Desafios para a Política Monetária”, tema oportuno onde o Banco Central Americano pode anunciar medidas de alívio monetário frente a possibilidade de recessão global. Na sexta-feira (23/08) teremos discurso do presidente do FED, Jerome Powell, então todo cuidado é bem-vindo no horário da notícia.

Fique atento para esses eventos (três touros):

  • Quarta-feira – Vendas de Casas Usadas (Jul) às 11h, Estoques de Bruto às 11h30 e Atas da Reunião do FOMC às 15h;
  • Sexta-feira – Discurso de Powell, Presidente do Fed e Venda de Casas Novas (Jul) às 11h;
  • Tenham uma excelente semana.

    Liora Vanessa

    Este conteúdo visa ambientar/informar os investidores de uma forma simples sobre como o mercado tem se comportado, jamais devendo ser considerado como indicação de compra ou venda de qualquer ativo.

    Fonte Oficial: Investing.com.

    Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

    Comentários

    você pode gostar também

    Quer fazer parte de nosso grupo?

    Inscreva-se em nossa newsletter!