Argentina promete estabilizar taxa de câmbio e cumprir meta fiscal do FMI – Exame

Buenos Aires – O novo ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza, disse nesta terça-feira que uma de suas funções principais será ajudar a estabilizar a taxa de câmbio, e adicionou que o governo cumprirá as metas definidas com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

“A prioridade será garantir a taxa de câmbio como objetivo de primeira ordem neste processo eleitoral”, afirmou o ministro, depois que na semana passada a moeda desvalorizou mais de 20%.

“Garantiremos o cumprimento das metas fiscais”, enfatizou o ministro, em meio aos temores do mercado, após o revés eleitoral do presidente Mauricio Macri nas primárias de 11 de agosto.

Em sua primeira coletiva de imprensa após assumir o cargo, o economista disse que o presidente Mauricio Macri pediu a ele que reduza os grandes impactos sobre a situação financeira dos argentinos.

 

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!