Em retaliação, China anuncia tarifas de US$ 75 bi em produtos americanos – Exame

Pequim — A China divulgou nesta sexta-feira tarifas de retaliação sobre cerca de 75 bilhões de dólares em mercadorias norte-americanas, adicionando mais 10% de tarifas sobre as já existentes, marcando a mais recente escalada de uma longa guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

A mais recente investida chinesa vem depois que os Estados Unidos anunciaram tarifas sobre mais 300 bilhões de dólares em produtos chineses, incluindo eletrônicos, programadas para entrarem em vigor em duas etapas, em 1º de setembro e 15 de dezembro.

O Ministério do Comércio da China informou em comunicado que adotará tarifas adicionais de 5% ou 10% sobre um total de 5.078 produtos originários dos Estados Unidos, que incluem produtos agrícolas, petróleo e aviões de pequeno porte.

A China anunciou que também vai retomar planos de impor tarifas sobre automóveis e autopeças importados dos Estados Unidos a partir de 15 de dezembro. As tarifas serão de 25% e de 5%, respectivamente.

“A decisão da China de implementar tarifas adicionais foi forçada pelo unilateralismo e protecionismo dos EUA”, disse o ministério chinês em comunicado, acrescentando que suas tarifas de retaliação também entrarão em vigor em dois estágios, em 1º de setembro e 15 de dezembro.

O assessor de Comércio da Casa Branca, Peter Navarro, disse à Fox Business News separadamente que as negociações comerciais com a China ainda serão feitas a portas fechadas.

O gabinete do representante de Comércio dos EUA não fez comentários imediatos sobre o anúncio das tarifas da China.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!