“A Polícia Federal vai me prender”, diz dono da Miner, que deu calote de R$ 10 milhões – Portal do Bitcoin

Em conversa gravada por uma suposta vítima da Miner, empresa de investimentos do Ceará, o dono, Geraldo Alves Vieira, admitiu que pode ser preso pela Polícia Federal após um prejuízo de 75% a cerca mil sócios estimado em R$ 10 milhões. O áudio com as declarações foi publicado no G1 na quinta-feira (22).

“Eu vou arcar com todos os prejuízos e punições que a CVM por acaso vier a dar. E se por acaso, que é provavelmente certo, a Polícia Federal vai me prender em algum dia”, disse Vieira durante a gravação.

Na semana passada, em nota, a Miner disse que teria sido vítima da JJ Invest, empresa investigada por pirâmide financeira cujo dono está foragido.

Prometeu, então, devolver o que sobrou — cerca de 25% dos fundos, que, de acordo com o áudio, seria de R$ 22 milhões. “Então eu vou ter cliente que vai perder R$ 1 milhão”, disse a suposta vítima.

Miner não pagou todos

Só no Ceará, são cerca de 200 clientes prejudicados com a situação. Em um escritório de advocacia que atende 10 vítimas, por exemplo, o prejuízo estimado é na ordem de R$ 755 mil, escreveu o G1.

O advogado Rômulo Marcel, que atende os 10 clientes em Fortaleza, disse que alguns investidores não receberam nenhum valor. “Nem todas as vítimas receberam os 25% que foram prometidos”, revelou a reportagem.

A Miner também ainda não forneceu evidências de que investia na JJ Invest, empresa criada por Jonas Spritzer Amar Jaimovick que deixou um prejuízo estimado em R$ 170 milhões.

Após a empresa ter anunciado o encerramento das operações no Brasil, muitos investidores não conseguiram resgatar suas aplicações.

Um dos motivos foi Vieira ter demorado sete dias para comunicá-los da proibição pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em abril deste ano. No áudio ele afirma que atuava irregularmente.

Quando questionado pelo cliente sobre o impacto que isso causaria nos sócios, Vieira disse que todos eles estariam isentos porque a responsabilidade seria somente dele.

De acordo com o áudio, a Miner gerenciava algo em torno de R$ 80 milhões de mais de mil investidores em todo o Brasil. Vieira disse que os 75% perdidos foram resultados de perdas em investimentos, mais precisamente por conta da variação do dólar.

“Você pode perder R$ 1 milhão em um minuto ou ganhar R$ 1 milhão em um minuto”, disse ele ao suposto cliente.

Contudo, antes dessas declarações, a Miner havia dito que o prejuízo dos 75% teria sido por conta de uma um golpe perpetrado pela JJ Invest.

“Os ativos tiveram variação negativa de 75,27% por conta de um golpe perpetrado contra a Miner pela JJ Invest, que lesou milhares de investidores no Brasil. Uma ação judicial é movida pela Miner na Justiça do Rio de Janeiro contra a JJ Invest para recuperar os valores e repassá-los aos cotistas”, escreveu a empresa na semana passada em um contraponto enviado à redação.

Miner e JJ Invest

No início do ano, Jonas Spritzer Amar Jaimovick, dono da JJ Invest, fez inúmeras aparições em redes sociais explicando a falta de pagamento dos associados e logo depois desapareceu.

Ele deixou um prejuízo estimado em R$ 170 milhões. A JJ Invest chamou a atenção de famosos e até chegou a patrocinar o time carioca Vasco da Gama.

Já Geraldo Vieira, o sócio Renee Silva e um representante chamdo Fabrício Brandão, apresentavam a Miner como um corretora de investimentos. No entanto, nem eles nem a JJ Invest tinham autorização para administrar carteiras de valores mobiliários.

Após relatos de clientes que pediram a devolução dos fundos e não foram atendidos, a Justiça de São Paulo determinou o bloqueio dos bens da empresa, assim como as contas pessoais de Geraldo Alves Vieira e Rene Antônio da Silva, proprietários Miner.

Com isso, os dois serão investigados por possível desvio de ativos dos cotistas.


 Compre criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

O post “A Polícia Federal vai me prender”, diz dono da Miner, que deu calote de R$ 10 milhões apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!