Guedes defende nova CPMF: até traficante paga – Exame

Segundo o ministro da Economia, uma nova CPMF, de 0,2%, passaria despercebida, e seria paga por todos, “até por um traficante de drogas e armas”

Por da Redação

access_time 26 ago 2019, 22h43 – Publicado em 26 ago 2019, 22h22

São Paulo – O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender a criação de um novo imposto ao estilo da antiga CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) em discurso aos empresários e executivos presentes na premiação de Melhores e Maiores de Exame, nesta segunda-feira (26).

“O Congresso tem que decidir se prefere um imposto horroroso, mas justo, ou desemprego que chega a 40 milhões de brasileiros que temos hoje. Uma nova CPMF, de 0,2%, passaria despercebida e seria paga até por um traficante de droga, traficante de arma.

O ministro voltou a defender a desindexação de todas as despesas de todos os entes da federação, união, estados e municípios. “Claro que os governadores e a classe política gostam de defender a Federação. Mas é um crime contra o Brasil não aproveitar o mais rápido possível os recursos como pré-sal e do gás para transformar investimentos para o Brasil.”

Precisamos, diz Guedes, de um estado que se desloque do governo central para estados e municípios, e que foque em saúde e educação e que deixe para os outros entes e para a iniciativa privada os investimentos. “Precisamos da autorização para acelerar as privatizações. ”

Em contrapartida, disse o ministro, precisamos liberar estados e municípios a gastar no que é mais importante. “O dinheiro está todo carimbado, o que inviabiliza a gestão. ”

A maior inspiração para o ministro é o modelo americano e a Alemanha, em que a principal atividade política é discutir os orçamentos públicos. “O estado está maduro para isso”, afirmou. “Estamos confiantes que temos apoio da câmara e do Senado, apesar do barulho que chega. Temos uma aliança de centro-direita, com a esquerda isolada”. Vêm aí, segundo Guedes, MP atrás de MP, como a do saneamento, que permitirá uma onda de investimentos privados.

Após uma hora de discurso, Guedes foi aplaudido pelo público de Melhores e Maiores. Agora é transformar as altas expectativas em crescimento econômico. “Vai dar tudo certo e sairemos melhores e maiores. ”

 

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!