Bolsas asiáticas fecham mistas com tensão no Oriente Médio e após dados chineses – Isto É

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta segunda-feira, em meio à escalada nas tensões do Oriente Médio, que impulsionou as ações de petrolíferas, e novos dados fracos da economia chinesa.

No sábado (14), um ataque com drones comprometeu cerca de metade da produção de petróleo da Arábia Saudita, levando os preços da commodity a saltar até 20%.

Como resultado, as petrolíferas foram destaque de alta hoje nos mercados acionários da Ásia e Pacífico, com ganhos que variaram de 2,3% a mais de 7%.

Por outro lado, a China divulgou uma nova série de indicadores decepcionantes de indústria, varejo e investimentos em ativos fixos. A produção da indústria, por exemplo, subiu 4,4% na comparação anual de agosto, mas o resultado ficou bem abaixo da alta de 5,2% prevista por analistas.

Os dados chineses reforçam preocupações sobre o desempenho da economia global, mas também alimentam expectativas de que Pequim mantenha agressivas medidas de estímulos para conter a desaceleração doméstica.

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto terminou o pregão em baixa marginal de 0,02%, a 3.030,75 pontos. O menos abrangente Shenzhen Composto, por sua vez, avançou 0,23%, a 1.685,09 pontos. Na sexta-feira (13), os mercados chineses não operaram devido a um feriado.

Já o Hang Seng caiu 0,83% em Hong Kong, a 27.124,55 pontos, graças a uma fraqueza geral em todos os setores, com exceção do de petróleo. CNOOC e PetroChina se valorizaram 7,4% e 4,3%, respectivamente.

Também voltando de feriados na sexta, o sul-coreano Kospi subiu 0,64% em Seul, a 2.062,22 pontos, e o Taiex avançou 0,65% em Taiwan, a 10.898,13 pontos.

Nesta segunda, foi a vez de a Bolsa de Tóquio não operar, em função de um feriado no Japão.

Na Oceania, a bolsa australiana teve ligeira alta hoje, sustentada por papéis da indústria petrolífera, como os da Woodside Petroleum (+4,3%) e Santos (+4,9%). O S&P/ASX 200 subiu 0,06% em Sydney, a 6.673,50 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Isto É.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!