Nigeriano devolve a político R$ 300 mil em bitcoin enviados por engano – Portal do Bitcoin

Na semana passada, o nigeriano Keith Mali Chung recebeu mais de R$ 300 mil em bitcoins em sua carteira, resultado de uma transferência de 7,8 btcs feita por engano. Segundo o site All Africa, o proprietário foi encontrado depois que Chung relatou o fato em grupos no WhatsApp

De acordo com a publicação, o dono dos bitcoins entrou em contato, mas preferiu não se identificar. Trata-se de uma pessoa do campo político da Nigéria que atendeu às exigências de Chung para devolver o fundo.

Chung também havia publicado no Twitter.

“Por favor, retuítem, recebi uma enorme quantia de BTC de um remetente desconhecido, o que definitivamente foi um erro de alguém que já tenha feito transação comigo antes. Por favor, informe o horário da transação, o endereço e o valor exato enviado”.

Bitcoins devolvidos

Segundo a reportagem, Chung disse que fez a coisa certa.

“Eu negocio bitcoin, mas nunca uma quantia tão alta. Eu sabia que tinha sido um erro, então publiquei o fato para rastrear o dono”.

Chung, que viaja pela Nigéria dando workshops gratuitos sobre o mercado de criptomoedas, contou que na África a maioria das transações são feitas por meio de carteiras vinculadas no WhatsApp.

Por conta disso, Chung sugeriu que esse tipo de engano pode ocorrer devido ao histórico de transações que fica no aplicativo.

Ele explicou:

“Na África, onde estou, transacionamos 80% das criptomoedas através de carteiras do WhatsApp e alguém que fez negócio comigo no passado cometeu esse grande erro”.

E finalizou:

“Espalhei o fato e o encontrei”.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.b

O post Nigeriano devolve a político R$ 300 mil em bitcoin enviados por engano apareceu primeiro em Portal do Bitcoin.

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!